Ficha Técnica

A nossa empresa orgulha-se em manter nos nossos produtos a qualidade à qual acostumamos os nossos clientes. Destacámo-nos porque os nossos clientes podem estar seguros de que os nossos produtos, assim como os materiais que utilizamos na sua fabricação, são seguros, testados e certificados.

SOLDADURA:
A soldadura aplicada nos nossos alambiques é feita à base de cobre, latão, estanho ou prata e respeita todas as normas comunitárias vigentes. Garantimos aos nossos clientes uma construção perfeitamente segura que não alterará o sabor e cor característicos do destilado.

ARAME DE LATÃO:
O arame de latão é aplicado nas uniões do pote, que se encontram expostas a altas temperaturas. O latão é uma liga composta por cobre e zinco, bem conhecida pela sua dureza e maleabilidade. As uniões nas quais aplicamos o arame de latão são posteriormente marteladas na bigorna, para que lhes seja devolvida resistência.

SOLDA À BASE DE PRATA E ESTANHO:
A soldadura à base de prata possui uma grande percentagem de estanho, uma pequena quantidade de prata e alguns vestígios de cobre. É submetida a altas temperaturas para derreter, mas possui excelentes propriedades de aderência.

Esta soldadura é aplicada nas tubagens, na fixação de termómetros, nas uniões do alambique que não se encontrem expostas a altas temperaturas e nas áreas onde não é possível martelar. Esta soldadura possui uma elevada percentagem de estanho, o qual derrete facilmente a baixas temperaturas, não sendo pois necessário martelar as peças, uma vez que a sua estrutura molecular não se altera. O estanho apresenta uma boa aderência ao cobre e não é solúvel, o que é deveras importante, pois sendo o álcool um conhecido solvente correríamos o risco de contaminar o destilado através dos vapores alcoólicos muito quentes concentrados no alambique.

A solda à base de prata e estanho é extremamente segura e respeita o ambiente, uma vez que apenas apresenta uma ínfima percentagem dos principais elementos que têm de ser evitados na soldadura, o cádmio e o chumbo. A quantidade de cádmio e chumbo presente na nossa soldadura respeita os limites legais vigentes na União Europeia, Estados Unidos e Japão.

Em 1986, nos Estados Unidos, a Emenda ao Acto da Qualidade da Água Potável estabeleceu a obrigatoriedade da utilização desta solda nas canalizações de água potável. Além disso, a soldadura de estanho é frequentemente utilizada no acondicionamento de produtos alimentares.

Uniões Soldadas

Na construção dos potes dos nossos alambiques soldados empregamos:

 – cobre de maior espessura, relativamente ao utilizado nos alambiques de uniões rebitadas;
– arame de latão para soldar as áreas do pote expostas a altas temperaturas.

 As áreas soldadas são posteriormente marteladas para que o cobre possa recuperar a sua resistência e vigor. Este tipo de construção apresenta a vantagem de impermeabilizar as uniões do alambique sem recorrer à utilização de uma solução de óleo de linhaça para alcançar o mesmo efeito. Esta técnica, emprega uma mistura de acetileno (hidrocarbono gasoso) e oxigénio, a qual produz uma chama muito quente, que permite efectuar a ligação das partes componentes do alambique.

Uniões Rebitadas

Esta técnica, empregue na construção de alambiques e alquitarras é utilizada desde a introdução destes aparelhos na Península Ibérica, pelos Mouros. Com efeito, os rebites constituem o método tradicional utilizado para unir as diferentes partes componentes de um alambique. No entanto, apesar de actualmente muitos alambiques serem soldados as gerações mais antigas, assim como muitas outras pessoas, preferem os alambiques de uniões rebitadas.

Para impermeabilizar os nossos alambiques e alquitarras de uniões rebitadas aplicamos uma solução de óleo de linhaça, combinada com outros ingredientes naturais, no seu interior, nas áreas onde existem uniões. As uniões das partes metálicas são necessárias em quase todas as construções e constituem uma parte crítica da concepção das peças.

Os rebites são utilizados na maioria das construções metalúrgicas, incluindo construção de aviões, embarcações, motores de vapor, entre outras construções. Este tipo de construção tem dado provas de confiança e de um excelente serviço. Actualmente, no fabrico de aço pesado, a soldadura substituiu quase por completo os rebites na união de junções.

Comments are closed.

Privacy Preference Center

Necessary

Advertising

Analytics

Other